Os efeitos benéficos dos frutos do mar para a saúde são largamente conhecidos. Sabe-se que peixes, camarões, siris, lulas, polvos, ostras, mariscos e mexilhões fortalecem o sistema imunológico, contribuem para a redução dos níveis de colesterol, previnem contra a demência, evitam o diabetes, diminuem as chances de depressão, ajudam na formação dos músculos e protegem contra doenças cardiovasculares.

Peixes
Começando pelos peixes, é importante destacar que a forma de preparação influencia muito na quantidade de calorias que esse alimento vai adicionar ao cardápio diário. O ideal é o consumo de grelhados ou assados, de preferência acompanhados de molhos leves, arroz, purês e vegetais.

Ômega 3
O ômega 3, por sinal, é a grande estrela quando se trata das maravilhas vindas do mar. Esse tipo de ácido graxo, encontrado principalmente nos habitantes de água fria, como salmão, atum, sardinha, arenque, anchova, tainha, bacalhau e truta, promove uma faxina geral nas artérias. Além disso, faz o coração bater forte porque aumenta o colesterol bom (HDL) e reduz o ruim (LDL). E ainda diminui o índice de triglicérides e a pressão sanguínea, prevenindo contra aterosclerose, infarto e derrame.

Bom para o coração
Para se beneficiar, é necessário consumir peixes em boas porções. De acordo com uma pesquisa recente do Centro de Pesquisas Médicas de Cardiff, no País de Gales, vítimas de ataques cardíacos aumentaram as chances de evitar novos problemas em 29%, passando a comer peixe pelo menos duas vezes por semana. Portanto, agende a presença desse alimento no seu cardápio semanal.